Invasão de privacidade

Uma casinha verde simples em uma rua calma de Osasco. Várias toalhas, caminhos de mesa e panos de prato expostos no quintal.

No portão uma inscrição: “Bazar de Natal. Entre e confira”.

Dois dias depois, uma folha de carderno com letras infantis: “Toque a campainha antes de entrar.”

Nem parece Osasco.

Anúncios