Tsurada

Naquela época eu ainda participava do Cala-boca já morreu. A ONG estava completando dez anos e, para comemorar, uma festa seria feita no Tendal da Lapa.

A decoração, todinha de tsurus. Conhecida também como grou, a ave, na cultura japonesa, está relacionada à longevidade e o origami, dizem, traz fortuna e saúde. Também dizem que, quando dobramos mil, todos os nossos desejos se realizam.

Para essa festa do CBJM eu fiz cerca de 200 pássaros em três ou quatro dias. Resultado: inflamei um osso da mão.

Nessas férias, sem estágio e sem dinheiro, talvez eu tenha bastante tempo para me dedicar a esse e a outros pequenos antigos prazeres.

Em cada pássaro, um desejo de paz e de felicidade

Anúncios

Um pensamento sobre “Tsurada

  1. Pingback: Verbou-se: onomatopéia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s