Diário de uma desestagiada

Uma manhã perturbadora: na aula de Telejornalismo, a exibição do documentário Ônibus 174, do diretor José Padilha, sobre o seqüestro de um coletivo na zona sul do Rio de Janeiro em 2000.

Uma tarde acalentadora: almoço com a aniversariante do dia no Subway (parabéns, Iza!), o recebimento de um telefonema almejado, a ida ao Café Filosófico no Trianon, com direito a sorteio de CD do Grupo Voz (e eu ganhei um!), mais uma visita ao Reserva Cultural, com o filme Medos Privados em Lugares Públicos (Alan Resnais, 2006).

A companhia da Janaína, querida amiga, e sua filosofia do “pensamento positivo”.

Voltar para casa com o ônibus vazio, lendo piauí.

Passar o dia na Paulista – perambulando – não é nada mal.