O grande momento

Queria sentir o ar lá no pulmão, a energia vital que move a gente. Inspirou com vontade, tentando eternizar o momento. Veio puxando devagarinho, enquanto o vento soprava em sua face e em seus cabelos. Olhou gentilmente, lançou um olhar faceiro, e sorriu bonito, sincero. Sabia que era desejado. Ela então deu um rodopio no ar, tentando tocar com as mãos espalmadas o mesmo ar que ele impregnara de si e de sua atmosfera misteriosa. Sentiu, mas não conseguiu retê-lo. O ar só passava e passava e passava.

Anúncios

Saudadinha

Que eu sou uma pessoa nostálgica nem preciso dizer. Sinto falta do que passou e, muitas vezes, do que ainda nem chegou. Mas sentir falta de blog? Onde já se viu isso? Pois é. Estou sentindo falta do meu Onomatopéia lá no UOL, como se uma partinha de mim estivesse lá, esquecida. Por isso, estou transferindo meu arquivo de lá pra cá. Tem muita baboseira no meio, mas fazer o quê?, essa sou eu.