À espera

Dois ou três carros já pararam na frente de casa. O motor barulhento, a porta batendo, o clic! do alarme sendo ligado. Duas ou três vezes eu fui até o portão. Você sabe, o interfone de casa não funciona. Duas ou três vezes eu imaginei ouvir você gritando “Marííília”. Mais duas ou três vezes eu deixei de sentir o calor do seu abraço e o cheirinho do seu perfume que é tão seu em mim.

Porque, duas ou três vezes, não era você.

4 pensamentos sobre “À espera

  1. “Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz! Quanto mais a hora for chegando, mais eu me sentirei feliz. Às quatro horas, então, estarei inquieta e agitada: descobrirei o preço da felicidade!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s