Agrado

Muito me agrada a ideia de tentar de novo. Sabe, errar, ter a liberdade de errar de novo e, vá lá, poder errar mais uma vez. Até que chega uma hora em que a gente acerta. Ou aprende a errar menos.

Muito mesmo me agrada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s