“Alô?”

“Com quem eu tô falando mesmo? Quem é você? Eu não sei quem é…”

“Você não sabe quem eu sou?”

“Não… não sei… É a Ana Maria?”

“Não…”

“Eu não sei, me ajuda, eu esqueci. Quem é mesmo?”

“É a Marília, vó!”

“Oi, filhinha. Tudo bem?”

Tudo bem, sim.