Ido

Depois do cheiro dos fogos de artifício que explodem nossas emoções no ar, de todas as cerejas postas lindamente sobre a mesa, do prosecco servido em belas taças de cristal, da decoração fingida de alegria dos shoppings centers, do carmim da roupa predestinada a dar sorte, das sobremesas devoradas pela gula, sobram a saudade embolorada do ano que se foi, as indesejadas despedidas, a esperança carcomida no amor.

Anúncios

Um pensamento sobre “Ido

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s