Mudando

Bolacha é biscoito. Guarda-sol é barraca. Na praia, a bebida mais pedida é o Matte – com biscoito Globo, claro. O metrô é de superfície. No teatro, muita gente de chinelo (assim como na pizzaria, no cinema, no shopping). Lá não tem as marginais Pinheiros e Tietê, mas sim as linhas Amarela e Vermelha. Um pedágio de 4 reais separa a Zona Oeste da Zona Norte. Geral vai pra night, quase sempre pro funk (até as cocotas de Copa). Grandes cronistas vieram de lá, assim como grandes sambistas também. Noel Rosa, Cartola, Olavo Bilac, João do Rio. A banca de jornal tem Extra, O Globo, O Dia.

É pra lá que eu vou.

.

.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Mudando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s