Sou de 6 de julho

Fosse homem, viria com a brincadeira do “vinte e três linha”. Não, não. Sou moça bem moça mesmo. Vinte e quatro anos. Uau. Aos doze olhava pro futuro e enxergava uma realidade meio diferente, mas devo dizer que amo as coisas como são agora, do jeitinho que são.

Vinte e quatro anos de uma vida que não trocaria por nenhuma outra, não, senhor.

Anúncios