Gatunice

A cada nova mensagem, eu precisava pensar direitinho qual seria a próxima a ser deletada. Com capacidade para 200 sms’s, meu celular comportava uma série de pequenos carinhos escolhidos a dedo. De alguns lembro de cor:

Marilinha (L)

Parabéns! Já acreditava no seu potencial! Beijo. Mãe

Bar? Tijolos Verdes?

Fofa, fofa! Te adoro!

Se não for pra aula, me dá um toque que a gente faz alguma coisa. Muita chuva!

Tinha foto também:

Do pé-direito e a mini-rosa amarela sobre a mesa.

De duas tulipas de Heineken numa padaria.

Da pichação no muro, entre a Consolação e a Paulista, com o famosinho haikai do Leminski: “Haja hoje para tanto ontem”

Um ladrão veio e roubou tudo.

Tolerar

to.le.rar
(lat tolerare) vtd 1 Levar com paciência, suportar com indulgência: Toleravapacientemente o mau gênio da esposa.vtd 2 Condescender com; dissimular certas coisas, sem no entanto as consentir expressamente, uma vez que não sejam lícitas: Tolerava aquelas ações repulsivas. vtd 3 Permitir o livre exercício de (crenças ou cultos religiosos). vtd 4 Admitir, dar tácito consentimento a: “…Floro Bartolomeu… menos afeito a tolerar certos excessos de fanatismo dos romeiros” (Lourenço Filho). vtd 5 Med Assimilar, digerir, suportar: O doente não tolerou o medicamento. vpr6 Suportar-se: Davam-se bem outrora; hoje não se toleram.

Tolerar é tender ao limite. Palavra feia.

Suspenso

E pela lei natural dos encontros. Essa palavra não existe. Existe, sim. Para existir, basta ser dita. Eu deixo e recebo um tanto. É nada. Claro que sim, é como o sonho. E passo aos olhos nus. Zubalumi, cabotavo, chomerá. O sonho? É. Ou vestidos de lunetas. É independente, não precisa de mais nada pra existir. Orquídea na piscina, bola de ambrosia, caco inteiro. Não é…. sonho com várias coisas, mas nenhuma delas acontece! Sonho realizado é realidade, deixou de ser sonho. Passado, presente. Participo sendo o mistério do planeta.

O falso esperto

O falso esperto se acha esperto porque sabe a diferença, sei lá, entre seção, sessão e cessão.

Papiloscopista, cosmologia, paquiderme, arcabouço, mesóclise.

O falso esperto se acha mais esperto que os outros porque ele está, oh!, acima de tudo.

Tanatologia, principiologia, endometriose, liliputiano, cauliforme.

O falso esperto fica feliz com qualquer passo em falso do outro, mesmo que falso.

Pacta sunt servanda, calipígio, exegese.

O falso esperto torce por isso – ansiosamente.