Essas coisas só acontecem comigo

Odeio casalzinhos se beijando perto de mim. Não, não é dor de cotovelo, eu juro. O problema é que eles não conseguem se beijar sem fazer aqueles barulhinhos horríveis.

Hoje mesmo, enquanto esperava meu ônibus (que por sinal demorou quarenta minutos para passar), sem fazer mal para ninguém, quieta, respirando todo dióxido de carbono que me era arremessado no rosto sem reclamar, um casal vem e senta ao meu lado.

Ploc, ploc… (barulho de pessoas se beijando)

“Ai, amor, sua orelha tá mais magra…”.

Abre parênteses: Como o sujeito percebeu que a garota tinha emagrecido só de beijar a orelha dela ainda é um mistério para mim. Não, porque a garota deveria ter sido muito, mas muito gorda mesmo pra ele perceber isso.

“É”, ela respondeu, “vê se você faz uma dietinha também…”

Quando cheguei em casa, fui logo olhar no espelho pra ver se minha orelha estava muito gorda. Eu constatei que ela estava normal. E a dieta, deixa pra segunda-feira.

Anúncios